Torneio de Roland Garros de 2020
Detalhes
Data 21 de setembro a 11 de outubro
Edição 124ª
Local Stade Roland Garros
França Paris, França
Organização Federação Internacional de Tênis (ITF)
Federação Francesa de Tênis (FFT)
Direção Guy Forget
Categoria Grand Slam
Piso saibro
Premiação total € 38 000 000
Campeões
Profissionais
Simples masculino Espanha Rafael Nadal
Simples feminino Polónia Iga Świątek
Duplas masculinas Alemanha Kevin Krawietz
Alemanha Andreas Mies
Duplas femininas Hungria Tímea Babos
França Kristina Mladenovic
Juvenis
Simples masculino Suíça Dominic Stricker
Simples feminino França Elsa Jacquemot
Duplas masculinas Itália Flavio Cobolli
Suíça Dominic Stricker
Duplas femininas Itália Eleonora Alvisi
Itália Lisa Pigato
Cadeirantes
Simples masculino Reino Unido Alfie Hewett
Simples feminino Japão Yui Kamiji
Simples tetraplégico Austrália Dylan Alcott
Duplas masculinas Reino Unido Alfie Hewett
Reino Unido Gordon Reid
Duplas femininas Países Baixos Diede de Groot
Países Baixos Aniek van Koot
Duplas tetraplégicas Países Baixos Sam Schröder
Estados Unidos David Wagner
Edições
Torneio de Roland Garros
2019
2021
Grand Slam

O Torneio de Roland Garros de 2020 foi um torneio de tênis disputado nas quadras de saibro do Stade Roland Garros, em Paris, na França, entre 21 de setembro e 11 de outubro. Foi a 53ª edição da era aberta e a 124ª de todos os tempos.

A defesa de títulos foi majoritária esse ano, que não teve a competição duplas mistas. O 13º título de Rafael Nadal foi histórico por ser o vigésimo título do Grand Slam do espanhol, o que significa que se tornou um dos que mais venceu nessa categoria em simples, empatando com Roger Federer, com 20.[1] Já alemães Kevin Krawietz e Andreas Mies repetiram um feito que não acontecia desde 2011, com os irmãos Bryan, que é a vitória consecutiva de uma dupla masculina.[2] Enquanto isso, o país-sede não ficou de mãos abanando, pois Kristina Mladenovic levantou a taça, junto da húngara Tímea Babos, em uma parceria de quatro êxitos.[3]

A polonesa Iga Świątek foi o ponto fora da curva. Aos 19 anos, Roland Garros se tornou seu primeiro título profissional. Durante sete jogos, não cedeu sets e derrotou duas campeãs de Slam.[4] Seus 28 games perdidos no torneio constituíram a marca feminina mais baixa em Paris desde Steffi Graf, em 1988.[5]

Impacto da pandemia de COVID-19Editar

O torneio normalmente começa no quarto domingo de maio e termina no começo de julho, sendo o segundo do Grand Slam no ano e o auge da gira europeia de saibro. Devido à pandemia de COVID-19, em 17 de março a Federação Francesa de Tênis anunciou que a competição seria adiada. Primeiro para o período de 20 de setembro a 4 de outubro (datas originalmente programadas para a gira asiática de piso duro, que acabou cancelada em 24 de julho). Depois, para 27 de setembro a 11 de outubro, duas semanas depois do US Open de 2020. Foi primeira vez, desde a edição de 1947, que ele aconteceu fora da tradicional programação entre maio e junho e a primeira, desde a introdução da era aberta, que um major foi adiado em vez de cancelado. Em 13 de abril de 2020, o governo da França estendeu a proibição da circulação em massa de pessoas até julho de 2020, na tentativa de controlar a propagação do vírus.[6]

A Laver Cup, agendada entre os dias 24 e 27 de setembro, entrou em conflito com a nova data inicial para o Torneio de Roland Garros (20 de setembro a 4 de outubro), antes de ter a edição cancelada e voltar só em 2021.[7]

Em 7 de setembro, foi divulgado que as três quadras principais poderiam receber, no máximo, 11,5 mil espectadores durante os quinze dias de torneio, com 5 mil pessoas cada nas quadras Philippe Chatrier e Suzanne Lenglen, e 1,5 mil na Quaddra Simonne Mathieu. Os jogos nas outras quadras se realizariam sem espectadores, incluindo nos qualificatórios. Essas orientações seguiram os protocolos oficiais de saúde e segurança, incluindo regulações de distanciamento social do governo local. De acordo com o diretor do torneio Guy Forget, os tenistas e suas equipes terão que fazer o teste para o vírus assim que chegarem em Paris para confirmar um resultado negativo e repetirem o procedimento, 72 horas depois. Haverá dois hotéis, estipulados pelos organizadores, disponíveis para os jogadores uma vez que eles passaram pelo exame. Em 17 de setembro, a capacidade das quadras principais foi reduzida para 5 mil pessoas, devido ao aumento de casos de coronavírus na França. Dois dias depois, nova redução: mil espectadores.[8][9][10]

A competição de duplas mistas não aconteceu este ano, sendo a segunda vez seguida em torneios do Grand Slam, após estar ausente durante o US Open de 2020.[11]

Quadra cobertaEditar

Foi inaugurado o teto retrátil da Quadra Philippe Chatrier. A quadra foi demolida em 2018 e usada no ano seguinte, ainda sem o novo recurso. A estrutura pesa 3,5 mil toneladas e cobre 10 mil m², podendo ser completamente fechada em 15 minutos.[12]

As condições atípicas nas quais ocorrem o torneio o insere em pleno outono parisiense, marcado por chuvas intermitentes. De fato, alguns jogos acabaram transferidos para a Chartrier por causa de temporais, evitando adiamentos.

Iluminação artificialEditar

O torneio sempre foi disputado exclusivamente com iluminação natural. Rodadas muito prolongadas tinham partidas interrompidas pela escuridão do fim do dia. Elas continuavam no dia seguinte. Em 2020, refletores foram instalados nas três quadras principais (Philippe Chatrier, Suzanne Lenglen e Simonne Mathieu) e nas secundárias (4, 5, 7, 9 10, 11, 12, 13 e 14).

No entanto, as sessões noturnas, tradicionais no Australian Open e no US Open, acontecerão apenas em 2021.[13] Na corrente edição, a iluminação artificial ocorre apenas para completar duelos que começaram durante a claridade, caso o juiz de cadeira assim a peça.[12]

TransmissãoEditar

Estes foram os países e regiões, e seus respectivos meios de comunicação, que transmitiram esta edição do torneio:[14]

Pontuação e premiaçãoEditar

Distribuição de pontosEditar

ATP[16] e WTA[17] informam suas pontuações em Grand Slam, distintas entre si, em simples e em duplas. A ITF responde exclusivamente pelos juvenis[18] e cadeirantes.[19] Por causa da pandemia de COVID-19, a competição de duplas mistas não ocorreu.

No juvenil, os simplistas jogam duas fases de qualificatório, mas só os que passam à chave principal pontuam. Em duplas, a pontuação é por jogador. A partir da fase com 16, os competidores recebem pontos adicionais de bônus (os valores da tabela já somam as duas pontuações).

ProfissionalEditar

Evento V F SF QF R16 R32 R64 R128 Q Q3 Q2 Q1
Simples masculino 2000 1200 720 360 180 90 45 10 25 16 8 0
Duplas masculinas 0
Simples feminino 1300 780 430 240 130 70 10 40 30 20 2
Duplas femininas 10

PremiaçãoEditar

A premiação geral diminuiu 11% em relação a 2019. Os títulos de simples tiveram um decréscimo de € 700.000 cada.

O número de participantes em simples se difere somente na fase qualificatória (128 homens contra 96 mulheres). Os valores para duplas são por par. Diferentemente da pontuação, não há recompensa aos vencedores do qualificatório.

Os juvenis não são pagos.[20]

Evento V F SF QF Últimos 16 Últimos 32 Últimos 64 Últimos 128 Q3 Q2 Q1
Contemplados 1 1 2 4 8 16 32 64 16H / 12M 32H / 24M 64H / 48M
Simples (2) € 1.600.000 € 850.500 € 425.250 € 283.500 € 189.000 € 126.000 € 84.000 € 60.000 € 25.600 € 16.000 € 10.000
Duplas (2) € 319.652 € 188.030 € 110.606 € 65.062 € 38.272 € 23.920 € 14.950

Total dos eventos acima: € 36.027.676

Outros eventos + per diem (estimado): € 1.972.324

Total da premiação: € 38.000.000

Cabeças de chaveEditar

Cabeças baseados(as) nos rankings de 31 de agosto de 2020. Rankings e pontos são de 28 de setembro de 2020.[21][22]

Por causa da pandemia, ATP[23] e WTA[24] criaram um sistema de ranking temporário, que engloba 22 meses - ao contrário dos 12 de costume - a fim de não impactar o progresso dos atletas que optarem em não jogar ou jogar parcialmente durante o período. Na prática, se os pontos a defender forem maiores que os pontos conquistados, o tenista mantém os primeiros e a pontuação que entrou no torneio. Caso contrário, ele subtrai os pontos a defender e adiciona os conquistados, ficando com uma nova pontuação.

Em verde, o(s) cabeça(s) de chave campeão(ões). Em vermelho, o(s) vice-campeão(ões).

SimplesEditar

MasculinoEditar

Cabeça Ranking Jogador Pontos
anteriores
Pontos
a defender
Pontos
conquistados
Nova
pontuação
Eliminado
na
Eliminado por
1 1 Sérvia Novak Djokovic 11.260 720 1.200 11.740 F Espanha Rafael Nadal [2]
2 2 Espanha Rafael Nadal 9.850 2.000 2.000 9.850 Campeão
3 3 Áustria Dominic Thiem 9.125 1.200 360 9.125 QF Argentina Diego Schwartzman [12]
4 5 Rússia Daniil Medvedev 5.890 10 10 5.890 1ª fase Hungria Márton Fucsovics
5 6 Grécia Stefanos Tsitsipas 5.385 180 720 5.925 SF Sérvia Novak Djokovic [1]
6 7 Alemanha Alexander Zverev 4.650 360 180 4.650 4ª fase Itália Jannik Sinner
7 8 Itália Matteo Berrettini 3.030 45 90 3.075 3ª fase Alemanha Daniel Altmaier [Q]
8 9 França Gaël Monfils 2.860 180 10 2.860 1ª fase Cazaquistão Alexander Bublik
9 11 Canadá Denis Shapovalov 2.660 10 45 2.695 2ª fase Espanha Roberto Carballés Baena
10 10 Espanha Roberto Bautista Agut 2.665 90 90 2.665 3ª fase Espanha Pablo Carreño Busta [17]
11 13 Bélgica David Goffin 2.555 90 10 2.555 1ª fase Itália Jannik Sinner
12 14 Argentina Diego Schwartzman 2.505 45 720 3.180 SF Espanha Rafael Nadal [2]
13 12 Rússia Andrey Rublev 2.614 0 360 2.974 QF Grécia Stefanos Tsitsipas [5]
14 15 Itália Fabio Fognini 2.400 180 10 2.400 1ª fase Cazaquistão Mikhail Kukushkin
15 16 Rússia Karen Khachanov 2.200 360 180 2.220[nota 1] 4ª fase Sérvia Novak Djokovic [1]
16 17 Suíça Stan Wawrinka 2.185 360 90 2.185 3ª fase França Hugo Gaston [WC]
17 18 Espanha Pablo Carreño Busta 2.130 90 360 2.400 QF Sérvia Novak Djokovic [1]
18 20 Bulgária Grigor Dimitrov 2.055 90 180 2.145 4ª fase Grécia Stefanos Tsitsipas
19 22 Canadá Félix Auger-Aliassime 1.976 0 10 1.986[nota 2] 1ª fase Japão Yoshihito Nishioka
20 19 Chile Cristian Garín 2.090 45 90 2.135 3ª fase Alemanha Philipp Kohlschreiber
21 23 Estados Unidos John Isner 1.805 0 45 1.850 2ª fase Estados Unidos Sebastian Korda [Q]
22 24 Sérvia Dušan Lajović 1.785 90 45 1.785 2ª fase África do Sul Kevin Anderson [PR]
23 26 França Benoît Paire 1.738 180 45 1.738 2ª fase Argentina Federico Coria
24 27 Croácia Borna Ćorić 1.670 90 10 1.670 1ª fase Eslováquia Norbert Gombos
25 28 Austrália Alex de Minaur 1.665 45 10 1.665 1ª fase Itália Marco Cecchinato [Q]
26 29 Sérvia Filip Krajinović 1.628 90 10 1.628 1ª fase Sérvia Nikola Milojević [Q]
27 30 Estados Unidos Taylor Fritz 1.625 45 90 1.670 3ª fase Itália Lorenzo Sonego
28 25 Noruega Casper Ruud 1.739 90 90 1.739 3ª fase Áustria Dominic Thiem [3]
29 31 Polónia Hubert Hurkacz 1.468 10 10 1.468 1ª fase Estados Unidos Tennys Sandgren
30 32 Alemanha Jan-Lennard Struff 1.450 180 45 1.450 2ª fase Alemanha Daniel Altmaier [Q]
31 33 Geórgia Nikoloz Basilashvili 1.395 10 10 1.395 1ª fase Brasil Thiago Monteiro
32 34 Reino Unido Daniel Evans 1.384 10 10 1.384 1ª fase Japão Kei Nishikori
DesistênciasEditar
Ranking Jogador Pontos
anteriores
Pontos
a defender
Nova
pontuação
Motivo
4 Suíça Roger Federer 6.630 0 6.630 Cirurgia no joelho direito[25]
21 Canadá Milos Raonic 2.040 0 2.040 Não informado[26]

FemininoEditar

Cabeça Ranking Jogadora Pontos
anteriores
Pontos
a defender
Pontos
conquistados
Nova
pontuação
Eliminada
na
Eliminada por
1 2 Roménia Simona Halep 7.255 430 240 7.255 4ª fase Polónia Iga Świątek
2 4 Chéquia Karolína Plíšková 5.205 130 70 5.205 2ª fase Letónia Jeļena Ostapenko
3 5 Ucrânia Elina Svitolina 4.960 130 430 5.260 QF Argentina Nadia Podoroska [Q]
4 6 Estados Unidos Sofia Kenin 4.700 240 1.300 5.760 F Polónia Iga Świątek
5 8 Países Baixos Kiki Bertens 4.335 70 240 4.505 4ª fase Itália Martina Trevisan [Q]
6 9 Estados Unidos Serena Williams 4.080 130 70 4.080 2ª fase, ab. Bulgária Tsvetana Pironkova [WC]
7 11 Chéquia Petra Kvitová 3.736 0 780 4.516 SF Estados Unidos Sofia Kenin [4]
8 12 Bielorrússia Aryna Sabalenka 3.615 70 130 3.675 3ª fase Tunísia Ons Jabeur [30]
9 13 Reino Unido Johanna Konta 3.152 780 10 3.152 1ª fase Estados Unidos Cori Gauff
10 14 Bielorrússia Victoria Azarenka 3.122 70 70 3.122 2ª fase Eslováquia Anna Karolína Schmiedlová [PR]
11 15 Espanha Garbiñe Muguruza 3.016 240 130 3.016 3ª fase Estados Unidos Danielle Collins
12 16 Estados Unidos Madison Keys 2.962 430 10 2.962 1ª fase China Zhang Shuai
13 17 Croácia Petra Martić 2.850 430 130 2.850 3ª fase Alemanha Laura Siegemund
14 18 Cazaquistão Elena Rybakina 2.666 40 70 2.696 2ª fase França Fiona Ferro
15 19 Chéquia Markéta Vondroušová 2.538 1.300 10 2.538 1ª fase Polónia Iga Świątek
16 20 Bélgica Elise Mertens 2.490 130 130 2.490 3ª fase França Caroline Garcia
17 21 Estónia Anett Kontaveit 2.330 10 10 2.330 1ª fase França Caroline Garcia
18 22 Alemanha Angelique Kerber 2.271 10 10 2.271 1ª fase Eslovénia Kaja Juvan
19 23 Estados Unidos Alison Riske 2.256 10 10 2.256 1ª fase Alemanha Julia Görges
20 24 Grécia Maria Sakkari 2.240 70 130 2.300 3ª fase Itália Martina Trevisan [Q]
21 25 Estados Unidos Jennifer Brady 2.165 70 10 2.165 1ª fase Dinamarca Clara Tauson [Q]
22 26 Chéquia Karolína Muchová 1.982 70 10 1.982 1ª fase Estados Unidos Christina McHale
23 27 Cazaquistão Yulia Putintseva 1.955 10 70 2.015 2ª fase Argentina Nadia Podoroska [Q]
24 28 Ucrânia Dayana Yastremska 1.925 10 10 1.925 1ª fase Austrália Daria Gavrilova [PR]
25 29 Estados Unidos Amanda Anisimova 1.905 780 130 1.905 3ª fase Roménia Simona Halep [1]
26 30 Croácia Donna Vekić 1.880 240 10 1.880 1ª fase Roménia Irina Bara [Q]
27 31 Rússia Ekaterina Alexandrova 1.775 130 130 1.775 3ª fase Ucrânia Elina Svitolina [3]
28 33 Rússia Svetlana Kuznetsova 1.631 10 10 1.631 1ª fase Rússia Anastasia Pavlyuchenkova
29 34 Estados Unidos Sloane Stephens 1.573 430 70 1.573 2ª fase Espanha Paula Badosa
30 35 Tunísia Ons Jabeur 1.573 10 240 1.803 4ª fase Estados Unidos Danielle Collins
31 36 Polónia Magda Linette 1.573 70 10 1.573 1ª fase Canadá Leylah Fernandez
32 37 Chéquia Barbora Strýcová 1.570 10 70 1.630 2ª fase Chéquia Barbora Krejčíková
DesistênciasEditar
Ranking Jogadora Pontos
anteriores
Pontos
a defender
Nova
pontuação
Motivo
1 Austrália Ashleigh Barty 8.717 0 8.717 Preocupações com questões relacionadas à COVID-19[27]
3 Japão Naomi Osaka 5.780 0 5.780 Lesão na coxa esquerda[28]
7 Canadá Bianca Andreescu 4.555 0 4.555 Lesão no joelho esquerdo[29]
10 Suíça Belinda Bencic 4.010 0 4.010 Lesão no braço direito[30]
32 China Wang Qiang 1.706 0 1.706 Preocupações com questões relacionadas à COVID-19[31]

DuplasEditar

Convidados à chave principalEditar

Os jogadores a seguir receberam convite para disputar diretamente a chave principal baseados em seleções internas e recentes desempenhos.[32]

SimplesEditar

Masculino Feminino

DuplasEditar

Masculinas Femininas

Qualificados à chave principalEditar

O qualificatório aconteceu no Stade Roland Garros entre 21 e 25 de setembro de 2020.[33][34]

SimplesEditar

Masculino Feminino
  1. Alemanha Daniel Altmaier
  2. França Benjamin Bonzi
  3. Reino Unido Liam Broady
  4. Itália Marco Cecchinato
  5. Canadá Steven Diez
  6. Itália Lorenzo Giustino
  7. Equador Emilio Gómez
  8. Estados Unidos Sebastian Korda
  9. Suíça Henri Laaksonen
  10. Chéquia Tomáš Macháč
  11. Espanha Pedro Martínez
  12. Sérvia Nikola Milojević
  13. Estados Unidos Michael Mmoh
  14. Áustria Jurij Rodionov
  15. Estados Unidos Jack Sock
  16. Austrália Aleksandar Vukic
  1. Roménia Irina Bara
  2. Itália Sara Errani
  3. Áustria Barbara Haas
  4. Ucrânia Marta Kostyuk
  5. Estados Unidos Varvara Lepchenko
  6. Roménia Monica Niculescu
  7. Argentina Nadia Podoroska
  8. Rússia Kamilla Rakhimova
  9. Egito Mayar Sherif
  10. Dinamarca Clara Tauson
  11. Itália Martina Trevisan
  12. México Renata Zarazúa

Lucky losers

  1. Colômbia Daniel Elahi Galán
  2. Taipé Chinesa Jason Jung
  3. Austrália Marc Polmans
  1. Austrália Astra Sharma

Dia a diaEditar

Eliminações em simplesEditar

MasculinoEditar

FemininoEditar

FinaisEditar

ProfissionalEditar

Categoria Evento Campeã(s)(o/ões) Vice-campeã(s)(o/ões) Resultado Chave(s)
Simples Masculino Espanha Rafael Nadal Sérvia Novak Djokovic 6–0, 6–2, 7–5
principal
qualificatório
Feminino Polónia Iga Świątek Estados Unidos Sofia Kenin 6–4, 6–1
principal
qualificatório
Duplas Masculino Alemanha Kevin Krawietz
Alemanha Andreas Mies
Croácia Mate Pavić
Brasil Bruno Soares
6–3, 7–5
principal
Feminino Hungria Tímea Babos
França Kristina Mladenovic
Chile Alexa Guarachi
Estados Unidos Desirae Krawczyk
6–4, 7–5
principal

JuvenilEditar

Categoria Evento Campeã(s)(o/ões) Vice-campeã(s)(o/ões) Resultado Chave(s)
Simples Masculino Suíça Dominic Stricker Suíça Leandro Riedi 6–2, 6–4
principal
qualificatório
Feminino França Elsa Jacquemot Rússia Alina Charaeva 4–6, 6–4, 6–2
principal
qualificatório
Duplas Masculino Itália Flavio Cobolli
Suíça Dominic Stricker
Brasil Bruno Oliveira
Brasil Natan Rodrigues
6–2, 6–4
principal
Feminino Itália Eleonora Alvisi
Itália Lisa Pigato
Rússia Maria Bondarenko
Rússia Diana Shnaider
7–63, 6–4
principal

CadeiranteEditar

Categoria Evento Campeã(s)(o/ões) Vice-campeã(s)(o/ões) Resultado Chave
Simples Masculino Reino Unido Alfie Hewett Bélgica Joachim Gérard 6–4, 4–6, 6–3
principal
Feminino Japão Yui Kamiji Japão Momoko Ohtani 6–2, 6–1
principal
Tetraplégico Austrália Dylan Alcott Reino Unido Andy Lapthorne 6–2, 6–2
principal
Duplas Masculino Reino Unido Alfie Hewett
Reino Unido Gordon Reid
Argentina Gustavo Fernández
Japão Shingo Kunieda
7–64, 1–6, [10–3]
principal
Feminino Países Baixos Diede de Groot
Países Baixos Aniek van Koot
Japão Yui Kamiji
Reino Unido Jordanne Whiley
7–62, 3–6, [10–8]
principal
Tetraplégico Países Baixos Sam Schröder
Estados Unidos David Wagner
Austrália Dylan Alcott
Reino Unido Andy Lapthorne
4–6, 7–5, [10–8]
principal

Notas

  1. O valor não bate com o ranking de 12/10/2020, o primeiro após o fim de Roland Garros. Nele, Khachanov tem 2.200 pontos.
  2. O valor não bate com o ranking de 12/10/2020, o primeiro após o fim de Roland Garros. Nele, Aliassime tem 2.021 pontos.

Referências

  1. «Rafael Nadal detona Djokovic e é campeão pela 13ª vez de Roland Garros». metropoles.com. 11 de outubro de 2020 
  2. «Krawietz e Mies conquistam Roland Garros pelo segundo ano seguido». bolamarela.pt. 10 de outubro de 2020 
  3. «Atuais campeãs, Babos e Mladenovic voltam à decisão». tenisbrasil.com.br. 9 de outubro de 2020 
  4. «Aos 19 anos, Iga Swiatek supera Sofia Kenin e é campeã em Roland Garros sem perder sets». globo.com.br. 10 de outubro de 2020 
  5. «Título de Swiatek foi o mais dominante desde Graf». tenisbrasil.com.br. 10 de outubro de 2020 
  6. «Macron Extends Virus Lockdown, Says France Was Underprepared» (em inglês). bloomberg.com. 13 de abril de 2020 
  7. «Coronavirus: French Open tennis moved to September» (em inglês). bbc.com. 17 de março de 2020 
  8. «French Open Allowing Spectators Amid Coronavirus Resurgence» (em inglês). si.com. Cópia arquivada em 18 de setembro de 2020 
  9. «Coronavirus forces further restrictions on French Open spectator numbers» (em inglês). bt.com. Cópia arquivada em 5 de outubro de 2020 
  10. «Roland Garros braced for crowd limit of 1,000 due to Covid-19» (em inglês). yahoo.com. Cópia arquivada em 26 de setembro de 2020 
  11. «Roland-Garros : Le stade divisé en trois, 11 500 spectateurs au maximum» (em francês). 24matins.fr. Cópia arquivada em 3 de outubro de 2020 
  12. a b «Everything you need to know about the roof» (em inglês). rolandgarroscom. Cópia arquivada em 29 de setembro de 2020 
  13. «Coming very soon:Roland-Garros night sessions» (em inglês). rolandgarros.com. Cópia arquivada em 14 de outubro de 2020 
  14. «Broadcasters» (em inglês). rolandgarros.com. Cópia arquivada em 5 de outubro de 2020 
  15. «SporTV também vai transmitir Roland Garros». tenisbrasil.com.br. Cópia arquivada em 5 de outubro de 2020 
  16. «2020 ATP Tour: Media Guide» (pdf) (em inglês). atptour.com. p. 156 (arquivo); 154 (digitalização). Cópia arquivada (PDF) em 4 de fevereiro de 2020 
  17. «2020 WTA Media Guide» (pdf) (em inglês). wtatennis.com. p. 130. Cópia arquivada (PDF) em 4 de fevereiro de 2020 
  18. «Rankings Explained» (pdf) (em inglês). itftennis.com. p. 2. Cópia arquivada (PDF) em 4 de fevereiro de 2020 
  19. «ITF: regulations for wheelchair tennis 2019» (pdf) (em inglês). O regulamento de 2019 foi o último postado na presente data e, portanto, deve valer também para 2020. itftennis.com. p. 66 (arquivo); 63 (digitalização). Cópia arquivada (PDF) em 4 de fevereiro de 2020 
  20. «Roland Garros Reveals 2020 Prize Money Distribution» (em inglês). atptour.com. Cópia arquivada em 3 de outubro de 2020 
  21. «Roland Garros 2020: Simple Messieurs - Liste Officielle des Joueuses inscrits» (PDF) (em francês). rolandgarros.com. Cópia arquivada (PDF) em 13 de setembro de 2020 
  22. «Roland Garros 2020: Simple Dames - Liste Officielle des Joueuses inscrits» (PDF) (em francês). rolandgarros.com. Cópia arquivada (PDF) em 8 de setembro de 2020 
  23. «ATP divulga sistema de rankings em retorno ao tênis». tenisnews.com.br. Cópia arquivada em 5 de outubro de 2020 
  24. «WTA segue ATP e adapta ranking para 22 meses». tenisnews.com.br. Cópia arquivada em 5 de outubro de 2020 
  25. «Roger Federer Won't Play in 2020 After Knee Surgery» (em inglês). nytimes.com. 10 de julho de 2020 
  26. «Milos Raonic pulls out of French Open, Denis Shapovalov draws local favourite» (em inglês). cbc.ca. 24 de setembro de 2020 
  27. «Número 1 e atual campeã, Barty não joga em RG». tenisbrasil.com.br. 7 de setembro de 2020 
  28. «Osaka anuncia que não vai jogar Roland Garros». tenisbrasil.com.br. 17 de setembro de 2020 
  29. «Andreescu confirma que não vai jogar um único encontro em 2020». bolamarela.pt. 22 de setembro de 2020 
  30. «Belinda Bencic Announces Unfortunate News Ahead of French Open 2020» (em inglês). essentiallysports.com. 24 de setembro de 2020 
  31. «Ostapenko e Wang ampliam baixas para o US Open». tenisbrasil.com.br. 2 de agosto de 2020 
  32. «Wild card for Andy Murray and... ?» (em inglês). rolandgarros.com. Cópia arquivada em 24 de setembro de 2020 
  33. «Roland Garros 2020 - Qualifications Simple Messieurs Haut» (PDF) (em francês). rolandgarros.com. Cópia arquivada (PDF) em 26 de setembro de 2020 
  34. «Roland Garros 2020 - Qualifications Simple Dames» (PDF) (em francês). rolandgarros.com. Cópia arquivada (PDF) em 5 de outubro de 2020 

Ligações externasEditar