Gnome globe current event.svg
Este artigo ou seção é sobre um desastre recente ou atualmente em curso. A informação apresentada pode mudar com frequência. Não adicione especulações, nem texto sem referência a fontes confiáveis. (editado pela última vez em 5 de dezembro de 2019) FireIcon.svg
Sismo da Albânia de 2019
Mapa da intensidade do terremoto, segundo o USGS
Epicentro 41° 31' 13" N 19° 33' 34" E
Profundidade 20 km
Magnitude 6,4[1] MW
Data 26 de novembro de 2019 (0 mês)
Zonas atingidas Albânia
Vítimas 51 mortos,[2] 2000 feridos[3] e 6300 mil desabrigados[4]

Em 26 de novembro de 2019, um forte terremoto de magnitude 6,4 atingiu a Albânia, com epicentro próximo à cidade de Durres.[5] O tremor, considerado o mais intenso a atingir o país em décadas[6], foi forte o bastante para ser sentido na Itália, na Grécia e em outros países vizinhos.[7]

Histórico

A Albânia é um país com atividade sísmica relativamente elevada, uma vez que a região dos Bálcãs fica próximo dos limites das placas tectônicas eurasiática, africana e a subplaca do Mar Adriático.[8]. Apenas dois meses antes, em 22 de setembro de 2019, um forte tremor de magnitude 5,8 já havia atingido o país, deixando mais de 100 feridos[9].

Vítimas e danos

Pelo menos 51 pessoas morreram[10] e mais de 2000 ficaram feridas, segundo as autoridades albanesas[11]. Cerca de 6300 mil albaneses perderam suas casas.[10] Durres e Thumane foram as regiões mais atingidas[12][13], onde dezenas de construções desabaram ou ficaram severamente danificadas.[14] Foram confirmados 25 mortos em Durres e 23 em Thumane,[15] onde a situação seria "dramática" segundo o presidente da Albânia Ilir Meta.[16] Foi decretado estado de emergência nas duas cidades.[17] Ínúmeros prédios e residências sofreram algum tipo de dano em Tirana,[18] não obstante houve apenas uma vítima fatal do tremor na capital albanesa.[19] Estima-se que em toda a Albânia, cerca de 7900 construções foram danificadas em maior ou menor grau.[20] Um prédio de seis andares precisou ser implodido em Durres, e em Peza, próximo à Tirana, uma escola também teve que ser demolida, por representarem uma ameaça devido aos danos sofridos.[21]

No estádio Niko Dovana em Durres, tendas foram armadas para mais de 2500 desabrigados.[22]

Muitas das construções que colapsaram ainda seguiam os padrões dos tempos do regime comunista, e não estavam preparadas para suportar tremores.[11]

O ministério da defesa mobilizou cerca de 400 militares para auxiliar no resgate às vítimas em meio aos escombros.[23] Centenas de réplicas foram relatadas nas horas seguintes, aumentando o pânico entre a população.[24] Estados Unidos, União Europeia e vários países vizinhos ofereceram ajuda à Albânia,[25] enviando equipes de resgate, cães farejadores e equipamentos para auxiliar nas operações.[22]

Em 1° de dezembro, a prefeita de Durres Valbona Sako renunciou ao cargo após cometer uma gafe em um programa de TV, ao afirmar que "deveríamos estar felizes pelas 50 vítimas, pois em outros casos foram mais de 1000". As palavras ditas pela ex-prefeita repercutiram negativamente na Albânia.[26][27][28]

Os custos da reconstrução ainda são desconhecidos. Para 2020, o primeiro-ministro albanês Edi Rama irá alterar o plano orçamentário, visando liberar o equivalente a US$ 64 milhões para a construção de casas aos desabrigados.[10] Rama também disse que irá pedir ajuda internacional para o processo de reconstrução.[28] Em 4 de dezembro, a presidente da Comissão Europeia Ursula von der Leyen anunciou que a União Europeia irá liberar uma doação à Albânia no valor de 15 milhões de Euros (US$ 16,6 milhões).[29][30]

Galeria

Referências

  1. https://earthquake.usgs.gov/earthquakes/eventpage/us70006d0m/executive
  2. https://www.em.com.br/app/noticia/internacional/2019/11/30/interna_internacional,1104911/operacoes-de-resgate-sao-encerradas-apos-terremoto-que-fez-50-mortos-n.shtml
  3. https://www.chicagotribune.com/nation-world/ct-nw-albania-earthquake-20191128-dy5rb2hlhfaurizuvumh3taqkq-story.html
  4. https://www.euronews.com/2019/12/03/albania-says-rebuilding-after-quake-wont-hit-other-spending-priorities
  5. «Terremoto na Albânia mata pelo menos 21 e derruba edifícios». Terra. Consultado em 27 de novembro de 2019 
  6. Peltier, Elian; Magra, Iliana; Victor, Daniel (25 de novembro de 2019). «Albania Earthquake Kills at Least 23». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331 
  7. «2019 Albania earthquake». earthquake.usgs.gov. Consultado em 27 de novembro de 2019 
  8. Babbucci, Daniele; Tamburelli, Caterina; Viti, Marcello; Mantovani, Enzo; Albarello, Dario; D'Onza, Francesca; Cenni, Nicola; Mugnaioli, Enrico (1 de novembro de 2004). «Relative motion of the Adriatic with respect to the confining plates: seismological and geodetic constraints». Geophysical Journal International (em inglês). 159 (2): 765–775. ISSN 0956-540X. doi:10.1111/j.1365-246X.2004.02403.x 
  9. «Maior terremoto em 30 anos na Albânia deixou 105 feridos». EXAME. Consultado em 27 de novembro de 2019 
  10. a b c «Albania says rebuilding after quake won't hit other spending priorities». euronews (em inglês). 3 de dezembro de 2019. Consultado em 3 de dezembro de 2019 
  11. a b SEMINI, LLAZAR. «46 dead in Albania earthquake as hope of finding any more survivors fades». chicagotribune.com. Consultado em 28 de novembro de 2019 
  12. Santos, Juliana. «Terremoto deixa onze mortos e 600 feridos na Albânia». Metro Jornal. Consultado em 27 de novembro de 2019 
  13. «Após terremoto na Albânia, gritos de desespero chegam dos escombros». noticias.uol.com.br. Consultado em 27 de novembro de 2019 
  14. Peltier, Elian; Magra, Iliana; Victor, Daniel (25 de novembro de 2019). «Albania Earthquake Kills at Least 23». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331 
  15. Welle (www.dw.com), Deutsche. «Con casi 50 muertos concluye la búsqueda de sobrevivientes tras terremoto en Albania | DW | 29.11.2019». DW.COM (em espanhol). Consultado em 29 de novembro de 2019 
  16. «Terremoto atinge a Albânia e mata pelo menos 6 pessoas». Agência Brasil. 26 de novembro de 2019. Consultado em 27 de novembro de 2019 
  17. Minas, Estado de; Minas, Estado de (28 de novembro de 2019). [https://www.em.com.br/app/noticia/internacional/2019/11/28/interna_internacional,1104315/balanco-de-terremoto-na-albania-sobe-para-40-mortos.shtml «Balan�o de terremoto na Alb�nia sobe para 40 mortos»]. Estado de Minas. Consultado em 28 de novembro de 2019  replacement character character in |titulo= at position 6 (ajuda)
  18. Minas, Estado de; Minas, Estado de (30 de novembro de 2019). [https://www.em.com.br/app/noticia/internacional/2019/11/30/interna_internacional,1104911/operacoes-de-resgate-sao-encerradas-apos-terremoto-que-fez-50-mortos-n.shtml «Opera��es de resgate s�o encerradas ap�s terremoto que fez 50 mortos na Alb�nia»]. Estado de Minas. Consultado em 30 de novembro de 2019  replacement character character in |titulo= at position 6 (ajuda)
  19. «51 viktima nga tërmeti/ Vdes në spital 20-vjeçarja, i ra një tullë në kokë duke dalë nga pallati në Kombinat (VIDEO) - Shqiptarja.com». shqiptarja.com (em albanês). Consultado em 30 de novembro de 2019 
  20. «Primer ministro de Albania pedirá ayuda por sismo en cumbre de OTAN | Spanish.xinhuanet.com». spanish.xinhuanet.com. Consultado em 3 de dezembro de 2019 
  21. Press, The Associated (3 de dezembro de 2019). «Albania Demolishes Quake-Damaged Building With Explosives». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331 
  22. a b Guita, Luis (27 de novembro de 2019). «Albânia faz busca desesperada por sobreviventes do terremoto». euronews. Consultado em 27 de novembro de 2019 
  23. «Terremoto deixa mais de 20 mortos e centenas de feridos na Albânia». G1. Consultado em 27 de novembro de 2019 
  24. Welle (www.dw.com), Deutsche. «Maior terremoto em décadas deixa mortos na Albânia | DW | 26.11.2019». DW.COM. Consultado em 27 de novembro de 2019 
  25. «Terremoto na Albânia deixa ao menos 21 mortos e 600 feridos». O Globo. 26 de novembro de 2019. Consultado em 27 de novembro de 2019 
  26. «Após gafe sobre terremoto, prefeita renuncia na Albânia». noticias.uol.com.br. Consultado em 1 de dezembro de 2019 
  27. «Valbona Sako». www.facebook.com. Consultado em 1 de dezembro de 2019 
  28. a b «Albania to revise 2019, 2020 budgets to fund post-earthquake reconstruction | bne IntelliNews». intellinews.com. 2 de dezembro de 2019. Consultado em 3 de dezembro de 2019 
  29. Welle (www.dw.com), Deutsche. «EU pledges €15 million to Albania for earthquake relief | DW | 04.12.2019». DW.COM (em inglês). Consultado em 5 de dezembro de 2019 
  30. «Earthquake in Albania, the European Commission donates 15 million euros». Albania News (em inglês). 4 de dezembro de 2019. Consultado em 5 de dezembro de 2019